A Alcaparra Maiorquina

Outro dia indo para o trabalho decidi fazer umas fotos de uns enormes arbustos de alcaparras que estão muito próximos à Catedral de Palma. Para ser mais exata, os que estão na muralha próxima a este edifício. Postei uma foto nas redes sociais e não esperava que fosse tão apreciada. Incrível!

Por certo, alcaparra em maiorquino chama-se tàpera. O seu nome científico é Capparis Spinosa. Na minha opinião, eu comparo o conjunto destas flores com um buquê de noivas. Aquele super bonito e frondoso. Para ser sincera, a conheci depois que vim viver em Mallorca.

Aqui na Ilha existe uma deliciosa comida: língua de porco com alcaparras, ou em maiorquino: Llengua amb Tàperes.  Este manjar vem acompanhado por um molho de verduras que é fantástico. E que não falte uma cervejinha ou um bom vinho tinto!

Lingua de porco com alcaparras
Lingua de porco com alcaparras
Bacalhau com tomate, cebola e alcaparras
Bacalhau com tomate, cebola e alcaparras

Esta planta é típica do Mediterrâneo e é colhida entre os meses de abril e maio. As suas folhas são grossas e arredondadas, alternam-se no talo e estão protegidas por espinhos, o que faz com seja um pouco difícil este trabalho. Agora o que mais chama a atenção são as suas flores. Estas podem ser de cor rosa ou branca com estames violetas muito finos.

Aqui na Espanha as alcaparras são classificadas em brotes ternos, alcaparras (as flores que não estão abertas) e os alcaparrões (frutos). Todos são comestíveis. Estes últimos são encontrados em diversos tamanhos que variam de 15mm a 21mm.

 

Entretanto a tàpera maiorquina é pequena, o que faz com que a sua colheita seja muito mais laboriosa porque o arbusto se extende pelo chão atingindo enormes áreas.

As alcaparras também são utilizadas nas saladas, pizzas ou como um delicioso aperitivo. É um ingrediente essencial na elaboração do molho tártaro. 

Se olharmos pelo lado terapêutico, ela é um excelente expectorante, diurético e depurativo. Muitas pessoas a comem para combater a queda do cabelo. Tem uma alta porcentagem de sódio e vitamina K, entre outras.

Em Mallorca, a alcaparra tem o seu lugar de honra. Está registrada no “Catálogo de Alimentos Tradicionales Balears” (CATIB) juntamente com a amêndoa, a Ensaimada e outros produtos.

Como é a elaboração da alcaparra para consumo depois de ser colhida?

Muito simples:

- têm que ser muito bem lavadas.

- durante um mês, aproximadamente, estarão em um processo de maceração com água e sal. Melhor ir trocando a água a cada semana.

- se depois disto, encontram-se demasiado salgadas, haverá que deixá-las de molho somente em água durante uns dias.

- a parte final corresponde a usar o tradicional vidro esterilizado com as alcaparras, água, sal e vinagre de vinho branco. Se quiser poderá adicionar um toque de azeite.

Colecionadores de alcaparras em Campos
Colecionadores de alcaparras em Campos

As cidades de Campos e Llubí são as principais produtoras de alcaparras em Mallorca. E, de uma maneira geral, como as oliveiras, estas adaptam-se muito bem aos terrenos calcários e argilosos, e, não necessitam de demasiada água, resistindo a altas temperaturas.

Eu tenho certeza de que você deve estar querendo conhecer além  das alcaparras, as oliveiras etc neste paraíso chamado Mallorca, verdade?

Qualquer dica ou informação aqui estou para lhe ajudar com o maior prazer. Contatos em info@eliana-guia.com

Até o próximo Elianas Blog e com muitos abraços de Mallorca.

Obrigada pela presença. Se achou útil, compartilhe com a família e os seus amigos.

 

Eliana Pacifico

Guia Oficial de Turismo das Ilhas Baleares

 

Meu Facebook e meu Instagram.

Escribir comentario

Comentarios: 0