A esquina mais fotografada de Palma de Mallorca: o Edificio Can Forteza Rey

Eu defino Palma de Mallorca como uma cidade muito fotogênica. Olhe por onde olhe, a Catedral, o Castelo de Bellver, o Palácio de la Almudaina etc são os primeiros que nos chamam a atenção. Os demais edifícios não são demasiado altos e apresentam-se em muitos estilos: gótico, neo-gótico, neo-mudejar, modernista, estilo regionalista e um sem fim de peculiaridades.

Por certo, a cidade viveu um período de euforia quando esteve presente aqui Antônio Gaudí, o famoso arquiteto catalão que trabalhou na Catedral de Palma durante um bom tempo, ou seja, de 1904 a 1914.

Esta presença gerou a construção de alguns prédios que até hoje são espetaculares tanto pela estrutura como pela sua singular decoração.

Não quero e nem posso comparar com o majestoso Edificio Flatiron de Nova Iorque no qual você pára, obrigatoriamente, para tirar uma ou dezenas de fotos naquela esquina de Manhattan. Assim que,  transportando-nos ao Mediterrâneo, o Edificio Can Forteza Rey, na minha modesta opinião, não fica para trás de nenhuma maneira.

Você deve de estar curioso querendo saber o endereço, já sei! É muito fácil de encontrar: está entre a Plaça de Cort - a da Prefeitura de Palma e a Plaza Mayor - é na Plaça del Marques del Palmer, 1. A sua fachada pode ser vista perfeitamente desde a elegante Calle Colón.

De acordo com a história, o prédio foi uma obra idealizada pelo Sr. José Forteza Rey Aguiló, joalheiro maiorquino, seu proprietário, talvez sobre 1907. Tem 6 andares nos quais identificamos o ferro adornando os balcões, as singulares janelas verdes, e muitos motivos que nos fazem lembrar o estilo Modernista de Gaudí. Este prédio foi construído para os filhos do Sr. Forteza viverem e trabalharem, ou seja, no andar de baixo existiu uma farmácia, e, no 1o andar, um consultório de dentista.

A fachada é um pouco complexa e diferente. Imediatamente você pensa que quem construiu foi Gaudí porque tem componentes que nos lembram a Casa Batlò e o Parc Güell, obras deste maestro e gênio na Catalunha. Na frente deste edifício é bastante numerosa a quantidade de motivos vegetais e florais, borboletas, a cerâmica esmaltada quebrada em pequenos pedaços e que é conhecida como Trencadis. Trencadis é outra invenção  gaudiniana. Existem também azulejos decorando o frontal e que são procedentes da então fábrica maiorquina La Roqueta. Foi fundada em 1897 e esteve funcionando até 1918. Esta empresa dedicou-se, principalmente, à confecção de azulejos em estilo Modernista. Colaborou com Gaudí no fornecimento deste material para as suas criações em outros lugares.

 

Voltando ao prédio em questão, pessoalmente, me chamam a atenção :

- as serpentes voadoras que parecem que estão cuspindo fogo com muita energia;

- cachos de flores vitrificadas que nos lembram os tradicionais buquês de noivas. São uma bonita exaltação à natureza;

- um rosto enorme que apresenta-se com a boca bem aberta, os olhos estatalados, rodeado por 2 dragōes. Pensando bem eu imagino que esta figura pode estar sentindo aquela tremenda dor de dente que todo mundo teve um dia, não é mesmo? Como comentei no começo, um dos filhos do criador deste edificio era dentista….

Aproveitando a visita, admire também o Edificio El Águila. Está ao lado. Foi um projeto de 2 arquitetos maiorquinos Gaspar Bennassar (1869-1933) e Jaume Aleña Guinart (1870-1945) em 1908. A sua fachada está composta por janelas muito grandes e amplas que nos mostram um estilo Art Nouveau bastante refinado. 

Se você quiser terminar este bonito passeio com um saboroso cafezinho e comer algo típico de Mallorca, posso lhe recomendar a minha cafeteria preferida: Forn del Santo Cristo. 

Está situada no andar de baixo do prédio Forteza Rey. São líderes na fabricacão de Ensaimada  -leia aqui-  sobre este manjar maiorquino - e outros doces e salgados. Elaboram o suco de laranja no momento - delicioso também. Tenha paciência para sentar-se alí porque nem sempre está vazia, e assim poderá desfrutar  de um ambiente agradável e elegante. As funcionárias são muito simpáticas e lhe orientarão sobre os produtos. O horário (todos os dias) é de 08:30h às 20:30h.

Em outras oportunidades eu escreví sobre o Modernismo no Elianas Blog. Se quiser conferir:

Can Casasayas

El Gran Hotel de Palma.

Você está planejando as suas próximas férias para Mallorca? Quer conhecer mais lugares interessantes em um tour de 4 horas? Mais detalhes em info@eliana-guia.com . Os tours são particulares e podem ser feitos em português, inglês ou castelhano.

Muito obrigada pela leitura e até a próxima!

Meu Facebook e meu Instagram.

 

Abraços de Mallorca,

Eliana Pacifico

Guia Oficial de Turismo das Ilhas Baleares.

www.eliana-guia.com Blog Feed

Mallorca no outono de 2021 (mar, 21 sep 2021)
11 Motivos para visitar Mallorca no outono de 2021   A partir do dia 22 de setembro, às 21:21 hs., a Espanha dará as boas vindas ao outono. Com a chegada desta estação, os dias são mais curtos e a temperatura apresenta-se mais amena. A temperatura média em Mallorca oscila entre os 22º e 24º graus, sendo que no final do mês, a mínima poderá ser de 16º. O Mar Mediterrâneo nos convida para disfrutá-lo…suas águas estarão a uns 22º. E o que mais nos oferece Mallorca a parte do clima e da boa temperatura?   A abertura das fronteiras Espanha/Brasil - (veja as informações mais recentes) A Ilha não estará tão saturada de turistas como nos meses de julio e agosto.  Dedique um dia inteiro para curtir Palma, a Capital de Mallorca. Conheça a sua Catedral (reserve um tour em português dentro deste recinto e aproveite para visitar os seus terraços), o Palácio de la Almudaina, o Castelo de Bellver. A cidade está repleta de heranças deixadas pelos romanos, árabes, judeus…O Modernismo também nos chamará a atenção ao mesmo tempo que ficaremos fascinados com as bonitas casas senhoriais desta urbe.  Você sabia que Mallorca têm mais de 70 adegas e que poderá degustar excelentes vinhos feitos com as uvas nativas Mantonegro, Callet e Moll? Venha conhecer empresas familiares que trabalham a vinicultura e o meio ambiente de uma maneira harmoniosa gerando produtos finais de alta qualidade. As catas de vinho são preparadas de uma maneira criativa e muito elegante. Vale a pena! Do you play golf? Aqui na Ilha este esporte é levado a sério…você poderá disfrutar de mais de 20 campos sendo que alguns foram projetados por Robert Trent Jones ou John D. Harris e com umas vistas impressionantes a oliveiras centenárias, alfarrobas ou ao Mar Mediterrâneo. Você elege! Faça caminhada. Existem muitas rotas com diferentes níveis de dificuldade, organizadas para serem realizadas na Serra de Tramuntana, Patrimônio da Humanidade desde 2011 ou junto ao litoral. Alugue uma bicicleta e percorra a Ilha. Também existem rotas preparadas para este esporte. Visite a Rafa Nadal Academy! Conheça a sua trajetória e jogue tênis (virtualmente ) com este Campeão. Te organizamos esta experiência! Curta um passeio de balão tomando champagne. A experiência e as vistas serão inesquecíveis.  Visite um dos povoados maiorquinos para conhecer e participar das suas tradicionais feiras, como por exemplo:   Felanitx - Feira do Pimentão (Pebre bord) - ocorre no primeiro domingo depois do dia 18 de outubro. Existe uma variedade “Tap de Cortí” que é usada na elaboração da sobrasada. Ela é plantada e cultivada somente em Mallorca. Neste evento, os bares e restaurantes aproveitam para fazer pratos muito especiais usando este produto. Este povoado está há uns 45 quilômetros da Capital e têm uns 17 mil habitantes. As suas praias (calas) são muito atrativas bem como o porto natural de Porto Colom. A Igreja de Felanitx.Está dedicada a São Miguel e foi construída entre os séculos XVI e XVII. Consell - “Feria de Otoño y del Vino” - do dia 18.10 até 20.10 haverão atividades para as crianças, concurso de fotografias, bailes, desfiles e até batucada. Trata-se de uma feira agrícola e ganadeira onde estarão presentes a culinaria da melhor qualidade, cata de vinhos e show com cavalos!  Vinhedo no povoado de Consell. No fundo podemos apreciar este povoado e a Serra de Tramuntana. Vinhedo no povoado de Consell. No fundo podemos apreciar este povoado e a Serra de Tramuntana. Moinho de vento em Consell Moinho de vento em Consell Você quer conseguir mais ideias ou sugestões para vir a Mallorca? Não se preocupe! Escreva para info@eliana-guia.com e te atenderemos da melhor forma possível! Obrigada pelo prestígio  porque é um prazer escrever sobre esta Ilha que tanto admiro. E por certo, estou presente no Instagram e Facebook como Eliana Pacifico Guia Mallorca - estas redes são atualizadas a cada 2 dias!  Até o próximo Eliana’s Blog.   Abraços de Mallorca, Eliana Pacifico Guia Oficial de Turismo das Ilhas Baleares   Meu Facebook e meu Instagram.   
>> Leer más

Els Banys Àrabs (Tue, 31 Aug 2021)
O Eliana’s Blog fez uma visita muito interessante nos banhos árabes em Palma. É uma das poucas amostras da cultura musulmana na Ilha. Você sabia que os muçulmanos estiveram presentes na Espanha desde 711 até 1492 e que dominaram Mallorca entre 902 e 1229?  Aqui na Ilha a sua capital administrativa era Palma que naquela época chamava-se Madina Mayurqa.  Mallorca, inicialmente,  fez parte do Califato de Córdoba (756-1031). As atividades da capital  aconteciam alredor dos lugares onde hoje estão a Catedral e o Palácio de la Almudaina. O seu assentamento foi feito sobre a antiga Palma romana. Vale ressaltar que à medida que avançava o tempo, a Ilha pertenceu à Taifa de Denia (1010-1076), aos Impérios Almorávide (1040-1147) e finalmente ao Almohade (1121-1269). O Rei Jaime I de Aragão a conquistou em 1229. A cidade possuía mercados, hortas, fontes, jardins, banhos e mesquitas. Era uma urbe muito atrativa e importante. Para que tudo funcionasse muito bem, principalmente quando o assunto era água, foram criados varios aquedutos ou canais de irrigação para levar este bem tão precioso a todos os seus recantos A nascente de água localizava-se no norte de Madina Mayurqa. Era a “Fuente del Emir” (Ayn Al Amir). Possivelmente os banhos árabes de Palma foram beneficiados por este manancial e também por uma roda d'água que situava-se no lugar onde hoje encontra-se o seu jardim. Os banhos árabes de Madina foram construídos no século XI. A história nos relata que existiram pelo menos outros cinco. Eles foram inspirados nas termas romanas tendo em vista a sua estrutura, ou seja, os vestiários (apodyterium), sala quente (caldarium) e a sala fria (frigidarium). O caldarium chama muito a atenção. A entrada é bastante estreita e está arrematada com um arco.  O seu interior é quadrado, está adornado com 12 colunas que têm capiteis diferentes originarios de distintas construções. São fantásticas as claraboias - 25 - algumas estão tapadas - e assim permitem a passagem controlada da luz solar.  Existe uma televisão dentro do recinto onde você poderá curtir um pouco mais os relatos sobre este lugar tão especial.  Mas, em tempos de querer estar ao ar livre, curta também o bonito jardim dos banhos árabes. Você perderá a noção do tempo e não vai sentir que encontra-se no centro de uma cidade. Existem bancos, cadeiras e mesas. É só desfrutar… Exemplos de como disfrutar e eternizar os bons momentos. Antes que eu me esqueça, existe uma ponte que une este lugar a um edifício que está na sua frente. Talvez estiveram conectados com um palacio de um árabe muito rico...   Banhos Árabes Carrer de Can Serra, 7, Palma. Horário: de segunda-feira a domingo de 10:00hs às 18:30. Entrada: 2€. Muito obrigada pela presença e prestigio. É um prazer escrever sobre Mallorca. Se você tiver alguma pergunta ou dúvida, escreva a  info@eliana-guia.com . Assuntos que podem interessar sobre a época dos árabes em Mallorca:  O Palácio de la Almudaina  -  Parte 1    Parte 2     Parte 3 Abraços de Mallorca, Eliana Pacifico Guia Oficial de Turismo das Ilhas Baleares   Meu Facebook e meu Instagram
>> Leer más

Escribir comentario

Comentarios: 0