Carrer de L’ Almudaina - a Rua ideal para conhecer um pouco mais da história de Mallorca

A Carrer (rua) de L’ Almudaina está muito próxima à Catedral e à Prefeitura de Palma. É muito fácil de encontrá-la. Começa na Carrer Palau Reial e termina na Carrer d’en Morei. É bastante estreita e curta. É uma rua típica do centro histórico de Palma de Mallorca com um fantástico acervo cultural. Aqui você conhecerá  casas senhoriais e os seus pátios. Apresentam-se em diversos estilos. Um famoso arco une-se  ao conjunto para lhe dar mais glamour ainda!

A cidade de Palma foi fundada pelos romanos no ano 123 a.C. e Mallorca esteve sob o comando dos árabes de 903 a 1.229.

Todos os nomes que começam por “al” são de origem árabe e Almudaina significa fortaleza (al-mudayna).

Vamos ao assunto e começo pelo primeiro pátio:

 

Can Oleo - Carrer de L’Almudaina nº 4.

A casa é do século XIII. Entretanto no século XV pertenceu a uma família de corsários da Coroa de Aragão chamada Thomàs. O seu nome atual procede da pessoa que foi o seu último proprietário, Francesc Oleo, que era médico. Tem uma extensão de mais de 2000 metros quadrados distribuídos em 4 andares. O que se pode ver e visitar deste edifício, que é protegido como Bien de Interés Cultural, é a entrada principal, ou seja, o seu pátio. Esteja atento aos detalhes da escada gótica do século XV que nos chama a atenção  e que está à esquerda.É única neste gênero na cidade. Está decorada com motivos circulares imitando rosas. 

À direita estão as janelas de estilos renascentista e gótico. Simplesmente fantásticas. Por certo, Can Oleo esteve sob reforma durante 5 anos e foi reinaugurada em 2011.

Atualmente é a Sede da UIB - Universidade das Ilhas Baleares.

 

Seguindo o nosso passeio, a próxima casa chama-se Can Oms - Carrer de L’Almudaina nº 7. Foi propriedade de Jerònim Doms em 1.642. Ele era de origem nobre. Durante os séculos XVII e XVIII foi habitada pela Familia Oms. O pátio é bastante amplo: à esquerda existe um portal com uma decoração gótica, proveniente de uma outra casa. À direita, depois de um bonito artesoado de madeira e os arcos rebaixados está uma cisterna com formato octogonal.

Não deixe de fotografar uma janela que compõe-se com um balcão - em espanhol “ventana balconera” - aí apreciamos o brasão da Familia Oms.

O acesso à casa era feito por umas escadarias com varanda forjada em ferro. Muito elegantes.

 

A outra casa senhorial encontra-se no número 9 - chama-se Can Bordils (também Can Villallonga-Escalada ou Can Sureda-Zanglada). De acordo com a história, este prédio tem a sua origem na época islâmica. Pertenceu à varias famílias e o seu último nome provêm dos “Bordils” que aí habitaram do século XVII ao século XIX.

 

Muito interessantes as duas janelas renascentistas na sua fachada. Em Mallorca, como em muitas cidades da Europa, era muito comum que as famílias com alto poder aquisitivo, tivessem o seu próprio escudo. Este era colocado nas portas, colunas ou janelas, como neste caso. 

Em 1.554 a Familia Sureda-Zanglada a reformou. O pátio de Can Bordils é quadrado e tem arcos nos quatro lados.

Tanto Can Oms como Can Bordils pertencem à Prefeitura de Palma e têm um horário que podem ser visitados e fotografados os seus pátios, ou seja, de segunda-feira à sexta-feira, de 09:00 às 14:00, exceto feriados. Fora destes horários, poderão ser fotografadas da rua.

 

As surpresas não terminaram…

Pegadinhos à Can Bordils, e, sempre está fechado o portão, mas pode-se fotografar perfeitamente, existem dois arcos renascentistas que são resultado de uma reforma  feita no imóvel quando este era habitado, de acordo com informações da Guia de Turismo das Ilhas Baleares, Maria Dolores Garcia Lopez, Lola.

Agora volto a falar dos romanos! Aproveite para fotografar o Arco de L’Almudaina, que com certeza, é a joia da coroa. Era a porta do recinto romano. Esta rua estava dentro da planificação urbana deste Império. Era o "Desumanos Norte". Nos tempos dos árabes foi usada como acesso ao Palácio de la Almudaina, de onde procede o seu nome.

Detrás do Arco existe uma estrutura de cimento usada desde os tempos mais antigos para evitar o golpe das rodas das carruagens. É engenhoso.       

Você verá um divertido mini crocodilo na parede de frente ao Arco. Não se assuste. Ria e muito! Este é fruto da famosa lenda palmesana “El Drac de na Còca”. Dizem que no século XVII um dragão assustava as pessoas que viviam perto da Catedral de Palma e adjacências quando saía de noite para buscar comida…

Mas as suas aventuras terminaram quando o valente Capitão Bartomeu Coc matou-o com a sua espada. Será que era um dragão ou uma pequena lagartixa? Mistérios e dúvidas da natureza!

 

O seu tour chegou ao final. E esta é a esquina da Carrer D’en Morey, outra rua icono em Palma. 

Eu curti muito escrever este blog e dar a você todas as dicas sobre a cidade de Palma de Mallorca que é super interessante.

Quer saber mais coisas ou tem alguma dúvida, é só escrever para  info@eliana-guia.com . Terei muito prazer em esclarecê-la. Achou útil? Por favor, compartilhe com os amigos.

 

Até a próxima vez e muitos abraços de Mallorca,

Eliana Pacifico

Guia Oficial de Turismo das Ilhas Baleares.

 

Meu Facebook e meu Instagram

 

www.eliana-guia.com Blog Feed

Mallorca no outono de 2021 (mar, 21 sep 2021)
11 Motivos para visitar Mallorca no outono de 2021   A partir do dia 22 de setembro, às 21:21 hs., a Espanha dará as boas vindas ao outono. Com a chegada desta estação, os dias são mais curtos e a temperatura apresenta-se mais amena. A temperatura média em Mallorca oscila entre os 22º e 24º graus, sendo que no final do mês, a mínima poderá ser de 16º. O Mar Mediterrâneo nos convida para disfrutá-lo…suas águas estarão a uns 22º. E o que mais nos oferece Mallorca a parte do clima e da boa temperatura?   A abertura das fronteiras Espanha/Brasil - (veja as informações mais recentes) A Ilha não estará tão saturada de turistas como nos meses de julio e agosto.  Dedique um dia inteiro para curtir Palma, a Capital de Mallorca. Conheça a sua Catedral (reserve um tour em português dentro deste recinto e aproveite para visitar os seus terraços), o Palácio de la Almudaina, o Castelo de Bellver. A cidade está repleta de heranças deixadas pelos romanos, árabes, judeus…O Modernismo também nos chamará a atenção ao mesmo tempo que ficaremos fascinados com as bonitas casas senhoriais desta urbe.  Você sabia que Mallorca têm mais de 70 adegas e que poderá degustar excelentes vinhos feitos com as uvas nativas Mantonegro, Callet e Moll? Venha conhecer empresas familiares que trabalham a vinicultura e o meio ambiente de uma maneira harmoniosa gerando produtos finais de alta qualidade. As catas de vinho são preparadas de uma maneira criativa e muito elegante. Vale a pena! Do you play golf? Aqui na Ilha este esporte é levado a sério…você poderá disfrutar de mais de 20 campos sendo que alguns foram projetados por Robert Trent Jones ou John D. Harris e com umas vistas impressionantes a oliveiras centenárias, alfarrobas ou ao Mar Mediterrâneo. Você elege! Faça caminhada. Existem muitas rotas com diferentes níveis de dificuldade, organizadas para serem realizadas na Serra de Tramuntana, Patrimônio da Humanidade desde 2011 ou junto ao litoral. Alugue uma bicicleta e percorra a Ilha. Também existem rotas preparadas para este esporte. Visite a Rafa Nadal Academy! Conheça a sua trajetória e jogue tênis (virtualmente ) com este Campeão. Te organizamos esta experiência! Curta um passeio de balão tomando champagne. A experiência e as vistas serão inesquecíveis.  Visite um dos povoados maiorquinos para conhecer e participar das suas tradicionais feiras, como por exemplo:   Felanitx - Feira do Pimentão (Pebre bord) - ocorre no primeiro domingo depois do dia 18 de outubro. Existe uma variedade “Tap de Cortí” que é usada na elaboração da sobrasada. Ela é plantada e cultivada somente em Mallorca. Neste evento, os bares e restaurantes aproveitam para fazer pratos muito especiais usando este produto. Este povoado está há uns 45 quilômetros da Capital e têm uns 17 mil habitantes. As suas praias (calas) são muito atrativas bem como o porto natural de Porto Colom. A Igreja de Felanitx.Está dedicada a São Miguel e foi construída entre os séculos XVI e XVII. Consell - “Feria de Otoño y del Vino” - do dia 18.10 até 20.10 haverão atividades para as crianças, concurso de fotografias, bailes, desfiles e até batucada. Trata-se de uma feira agrícola e ganadeira onde estarão presentes a culinaria da melhor qualidade, cata de vinhos e show com cavalos!  Vinhedo no povoado de Consell. No fundo podemos apreciar este povoado e a Serra de Tramuntana. Vinhedo no povoado de Consell. No fundo podemos apreciar este povoado e a Serra de Tramuntana. Moinho de vento em Consell Moinho de vento em Consell Você quer conseguir mais ideias ou sugestões para vir a Mallorca? Não se preocupe! Escreva para info@eliana-guia.com e te atenderemos da melhor forma possível! Obrigada pelo prestígio  porque é um prazer escrever sobre esta Ilha que tanto admiro. E por certo, estou presente no Instagram e Facebook como Eliana Pacifico Guia Mallorca - estas redes são atualizadas a cada 2 dias!  Até o próximo Eliana’s Blog.   Abraços de Mallorca, Eliana Pacifico Guia Oficial de Turismo das Ilhas Baleares   Meu Facebook e meu Instagram.   
>> Leer más

Els Banys Àrabs (Tue, 31 Aug 2021)
O Eliana’s Blog fez uma visita muito interessante nos banhos árabes em Palma. É uma das poucas amostras da cultura musulmana na Ilha. Você sabia que os muçulmanos estiveram presentes na Espanha desde 711 até 1492 e que dominaram Mallorca entre 902 e 1229?  Aqui na Ilha a sua capital administrativa era Palma que naquela época chamava-se Madina Mayurqa.  Mallorca, inicialmente,  fez parte do Califato de Córdoba (756-1031). As atividades da capital  aconteciam alredor dos lugares onde hoje estão a Catedral e o Palácio de la Almudaina. O seu assentamento foi feito sobre a antiga Palma romana. Vale ressaltar que à medida que avançava o tempo, a Ilha pertenceu à Taifa de Denia (1010-1076), aos Impérios Almorávide (1040-1147) e finalmente ao Almohade (1121-1269). O Rei Jaime I de Aragão a conquistou em 1229. A cidade possuía mercados, hortas, fontes, jardins, banhos e mesquitas. Era uma urbe muito atrativa e importante. Para que tudo funcionasse muito bem, principalmente quando o assunto era água, foram criados varios aquedutos ou canais de irrigação para levar este bem tão precioso a todos os seus recantos A nascente de água localizava-se no norte de Madina Mayurqa. Era a “Fuente del Emir” (Ayn Al Amir). Possivelmente os banhos árabes de Palma foram beneficiados por este manancial e também por uma roda d'água que situava-se no lugar onde hoje encontra-se o seu jardim. Os banhos árabes de Madina foram construídos no século XI. A história nos relata que existiram pelo menos outros cinco. Eles foram inspirados nas termas romanas tendo em vista a sua estrutura, ou seja, os vestiários (apodyterium), sala quente (caldarium) e a sala fria (frigidarium). O caldarium chama muito a atenção. A entrada é bastante estreita e está arrematada com um arco.  O seu interior é quadrado, está adornado com 12 colunas que têm capiteis diferentes originarios de distintas construções. São fantásticas as claraboias - 25 - algumas estão tapadas - e assim permitem a passagem controlada da luz solar.  Existe uma televisão dentro do recinto onde você poderá curtir um pouco mais os relatos sobre este lugar tão especial.  Mas, em tempos de querer estar ao ar livre, curta também o bonito jardim dos banhos árabes. Você perderá a noção do tempo e não vai sentir que encontra-se no centro de uma cidade. Existem bancos, cadeiras e mesas. É só desfrutar… Exemplos de como disfrutar e eternizar os bons momentos. Antes que eu me esqueça, existe uma ponte que une este lugar a um edifício que está na sua frente. Talvez estiveram conectados com um palacio de um árabe muito rico...   Banhos Árabes Carrer de Can Serra, 7, Palma. Horário: de segunda-feira a domingo de 10:00hs às 18:30. Entrada: 2€. Muito obrigada pela presença e prestigio. É um prazer escrever sobre Mallorca. Se você tiver alguma pergunta ou dúvida, escreva a  info@eliana-guia.com . Assuntos que podem interessar sobre a época dos árabes em Mallorca:  O Palácio de la Almudaina  -  Parte 1    Parte 2     Parte 3 Abraços de Mallorca, Eliana Pacifico Guia Oficial de Turismo das Ilhas Baleares   Meu Facebook e meu Instagram
>> Leer más

Escribir comentario

Comentarios: 0