Descobrindo a lua em Soller

No mês de julho deste ano o mundo inteiro comemorou os 50 anos da chegada do homem à lua. Eu me lembro perfeitamente desta data como se fosse hoje. Em casa estava toda a minha família reunida na frente da televisão. Vimos em preto e branco este momento histórico. Era o dia 20 de julho de 1969 às 23h56.

Armstrong, Aldrin e Collins, nomes que para mim são inesquecíveis, chegaram a este astro tripulando a nave Apollo 11, depois de 5 dias de viagem…

De acordo com o Astronauta Neil Armstrong ao pisar na lua aquele momento era “um pequeno passo para o homem mas um grande salto para a humanidade”.

Outros astronautas chegaram a este satélite terrestre, mas, não despertaram tanta curiosidade como os três primeiros. A lua sempre foi alvo de homenagens : poemas, canções, comidas, nomes, desenhos, pinturas, artes gráficas etc. 

Com as novas tecnologias muitas empresas já planejam oferecer viagens turísticas para o solo lunar. Talvez ocorram em 2050. Agora pensando bem, eu tenho um pouco de preguiça esperar tanto tempo: orçamento astronômico, a minha idade nesta época, além do mais me parece um pouco cansativo ficar tantos dias dando voltas na órbita.

Como dizem os espanhois, eu tenho a solução para este assunto ou seja vou apresentar o plano B. E muito agradável, por suposto. Em Mallorca, Soller, está a chave da questão : Carrer Sa Lluna (a Rua da Lua). É uma rua tradicional com o principal comercio da cidade.

Soller, na minha opinião, é um dos lugares mais bonitos de Mallorca. Está aos pés da Serra de Tramuntana, na parte noroeste da Ilha. É conhecida como o Vale Dourado. Tem mais ou menos uns 14.000 habitantes e a sua principal indústria é o turismo. Eu adoro a laranja de Soller - leia aqui sobre ela - e aos sábados, na parte da manhã, curtir a  interessante feirinha que ocorre no centro da cidade, de 08:00h às 13:30, entre muitas outras coisas.

Desde Palma a Soller são, aproximadamente, uns 26 quilômetros de distância através da estrada Ma 11. Chegando lá, se você alugou um carro, a sugestão é estacioná-lo perto do Jardim Botânico que está a uns 5 quilômetros do túnel de acesso à cidade e descer caminhando até o centro através da Carrer d’ Isabel II. Você vai gastar uns 10 minutos.  Outra opção é ir com o trem de Soller, uma autêntica joia. Você pode chegar ali também com o ônibus TIB, Linhas 210 ou 211. A estação de ônibus está a uns 5 minutos caminhando em direção ao centro de Soller. Este transporte sai da Estação Intermodal de Palma, na Praça de Espanha.

A Carrer Sa Lluna começa justo na Praça da Constituição, bem ao lado da Igreja do Padroeiro do lugar, Sant Bartomeu e do Banco de Soller.

O seu gracioso letreiro nos chama muito a atenção ….uma sorridente lua  convidando-lhe a visitá-la. Bem pegadinho à entrada, à esquerda, está o Hotel La Vila. Ele está em um prédio modernista inaugurado em 1904. Muito elegante. Este pequeno e exclusivo hotel tem 8 quartos, além de uma cafeteria e um restaurante localizado em um pátio interior. 

Depois deste endereço, dentro desta rua, você encontrará o Banco Bilbao, o açougue Ca’n Matarino, uma loja de ferragens, tradicionais armazéns  vendendo saborosas frutas e legumes.

Tenho certeza de que você vai parar e querer tomar um cafezinho e comer uma Ensaimada - leia aqui sobre ela -  ou um Gatò na Padaria Horno de Sant Cristo - está no número 18. Eu adoro os doces e salgados feitos  por eles. Simplesmente deliciosos!

Existem tradicionais espardenyerias, que são as sapatarias mallorquinas que vendem alpargatas feitas com pano, cestos e chapéus de palha. Própios para todas as épocas do ano como também os sapatos artesanais feitos com couro.

Mais adiante, no número 36, está um famoso restaurante , La Luna 36.  

Helle Alexandersen e Claudio Bernaschi estão à frente da sua cozinha criando verdadeiras e saborosas obras de arte. Este lugar situa-se em um prédio bastante antigo construído em 1870. Aqui antes havia uma fábrica de chocolates. A fachada é muito bonita e chama bastante a nossa atencão. Dentro existe um pátio onde você poderá degustar uma excelente comida mediterrânea feita com produtos de Sóller. Nos domingos este restaurante não está aberto.

Seguimos caminhando pela Rua Sa Lluna e nos deparamos com a origem do seu nome. No número 50 está a Casa de Sa Lluna. 

 A sua procedência  é medieval, ou seja, possivelmente a lua que vemos entalhada na fachada deste edifício faz menção ao sobrenome de uma família que a habitou depois da conquista cristã da Ilha em 1229.

Existem muitas casas em estilo modernista nesta rua. Algumas decoradas com azulejos, com ferros modelados com motivos vegetais e zoomórficos. Muito interessantes. De acordo com a historia, muitos habitantes da cidade tiveram que emigrar a Cuba, França, América para trabalhar quando uma praga fez com desaparecessem os cítricos que eles plantavam na época. Isto aconteceu sobre o século XIX. Quando voltaram à cidade, depois de muitos anos, eles decidiram construir casas muito bonitas e elegantes. O estilo elegido foi, principalmente,  o modernista. Além do mais em Mallorca encontrava-se Antonio Gaudi e a sua equipe trabalhando na Catedral de Palma. 

Mas a  joia da coroa está entre os números 86 e 90. Aí localiza-se o Museu Modernista Can Prunera. Esta casa pertenceu a Joan Magraner Oliver, ou  Joan Prunera, como era o seu apelido, e, foi construída entre 1909 e 1911. Joan Rubió Bellver, discípulo e empregado de Antonio Gaudi, possivelmente, foi o arquiteto responsável pela sua construção. 

Visite este belíssimo edifício e aprecie obras de Joan Miró, Picasso, León Lopez, Juli Ramis Palau, artista sollerense e reserve um bom tempo para curtir o seu jardim. O museu, em temporada baixa, não abre nas segundas-feiras. Valor do ingresso: 5€.

Você gostou de conhecer a Rua da Lua através do Elianas Blog? Espero que sim e lhe agradeço pelo tempo dedicado à sua leitura. Compartilhe com familiares e amigos que desejam conhecer Mallorca. Alguma dúvida ou sugestão? Através de info@eliana-guia estarei encantada em poder lhe ajudar a conhecê-la porque vivo neste paraíso há mais de 22 anos. A experiência conta!

Até o próximo tema e abraços de Mallorca!

 

Eliana Pacifico

Guia Oficial de Turismo das Ilhas Baleares

 

Meu Facebook e meu Instagram

Escribir comentario

Comentarios: 0